386663_461898693867557_781026603_n_large

Desejo-vos um excelente 2013. Que comecem o novo ano da melhor maneira. Que este novo ano traga  novas oportunidades, novos desafios, novas esperança e sobretudo muito amor. Que todos os sonhos se concretizem e todos os nossos esforços valham a pena.


Foi o primeiro natal em que não estiveste presente, avô. Foi o primeiro natal em que faltou uma pessoa à mesa. Foi o primeiro natal em que não tivemos a tua alegria e boa disposição a encher a casa. Gostavas de preparar todos os doces com a avó, apesar de preferires comê-los. Este ano ela pediu-me ajuda, porque apesar de não estares cá, ela quis fazer tudo aquilo que tanto gostavas de comer. Dizias que sem os doces o natal não era a mesma coisa. Este foi o primeiro de muitos momentos em que não te tivemos connosco e  saber que vai ser assim, custa muito. Foi um natal menos feliz, mas recordamos-te da melhor maneira a cada momento.

Este video que vos deixo hoje reflecte, sem tirar nem pôr, aquilo que sinto...

Tumblr_mfdssvoy8j1rw9jb2o1_500_large


Hoje é o meu aniversário, Avô. É mais um ano a acrescentar e é o primeiro que passo sem ti. Gostaria muito de o passar contigo, mas sei que, apesar de não estares cá, me desejas o melhor e estarás sempre presente em pensamento e coração.
Tem sido difícil para todos, a avó tem andado desolada. Temos estado sempre com ela e tentamos não a deixar sozinha. Tentamos distrair-nos para que não seja tão difícil e unidos vamos conseguir atenuar a dor.
Este natal vai ser mais tristonho do que nos anos anteriores. Sem ti não há grande vontade para celebrar e o espírito já não é o mesmo. Ainda é tudo muito recente e nestas alturas ainda custa mais. Na noite de natal iremos recordar-te mais do que nunca e faremos dessa noite uma homenagem a ti e a todos os momentos que passamos juntos. Temos muitas saudades.

Tumblr_lyti1b1yca1qzh7tdo1_500_large_large


O céu ganhou mais uma estrela. Foste tu avô. 
Ainda parece mentira, parece que estamos todos a ter o mesmo pesadelo e só queremos acordar e ver-te com vida, mas não... Já estávamos alertados de que mais tarde ou mais cedo nos podias deixar, mas agora que de facto aconteceu, não parece real. Acho que nunca estamos verdadeiramente preparados. 
Foi uma batalha dura que tiveste com aquela maldita doença. Ela acabou por vencer, mas sabemos que lhe deste muita luta até ao fim. Foram quase quatro anos, com momentos menos bons, mas muitas pequenas conquistas à mistura. Surpreendias-nos de cada vez que fazias piadas e nos punhas a rir com as tuas cantorias, apesar de tudo o que se passava. Infelizmente a maldita levou-te. Mas ficaram as lembranças, as bonitas memórias do que eras e daquilo que querias que nos tornássemos. Ficarás para sempre nos nossos corações e sei que nos vês aí de cima, sempre tentando meter tudo na ordem. Quero que te orgulhes de nós e vou fazer os possíveis para não te desiludir. Vamos sentir muito a tua falta, avô, já sentimos...
Amamos-te muito avô.



(...)
I was made to keep your body warm
But I'm cold as, the wind blows
So hold me in your arms

My heart's against your chest
Your lips pressed to my neck
I've fallen for your eyes
But they don't know me yet

And the feeling I forget
I'm in love now

Kiss me like you wanna be loved
Wanna be loved
Wanna be loved

Ed Sheeran, Kiss me


É quando tenho menos tempo, mais que fazer e pensar que a vontade de vos escrever é maior. Tenho uma vontade imensa de dedilhar o teclado e partilhar convosco os meus pensamentos e sentimentos do momento, as minhas angustias e preocupações. Em breve terei tempo para o fazer de modo mais descontraído, ainda que com muito que fazer. Como estão a correr os vossos dias?

FACULDADE | 21


Aproxima-se mais um fim de semana que vai ser passado de volta de livros e apontamentos e muito pouco tempo para descansar. Com uma frequência na segunda e outra na quarta, o tempo vai passar a correr. Só quero que chegue o fim da próxima semana para poder relaxar um bocadinho antes de enfrentar mais um monte de apontamentos e trabalhos para serem entregues logo depois do natal. Estas férias de natal vão saber a pouco...

FACULDADE | 20

Img_8691_large

Parece que já não faço mais nada. Não tenho estado no meu melhor. Ando sob muito stress, pressão, ando extremamente aflita com este semestre. Sinto que não tenho tempo para nada, ando sempre a correr, tenho todos os minutos contados e até me esqueço de comer. Mal vejo televisão e saio de casa e tempo para estar com os que mais gosto é muito pouco. Está a ser um semestre de loucos, e por este andar acabo exausta. O tempo para vir ao blog é somente o de escrever um desabafo e partilha-lo convosco. Nem sequer consigo espreitar os vossos cantinhos. Espero em breve estar mais livre para vir cá mais vezes e responder aos vossos comentários. Preciso tanto de férias!


Chegou o meu mês favorito, a minha época de eleição. Chegaram as luzes, os cheiros particulares, as velas, os enfeites. Vem mais chuva e mais frio. Chegou Dezembro! É uma das épocas do ano que mais gosto, pelo espírito que se sente, pelas ruas enfeitadas, pela família reunida. E seria um natal como os outros se este ano se mantivesse o espírito, a alegria e a vontade de festejar. Faz-se o possível, mas com o meu avô doente não é a mesma coisa. Resta-nos fazer com que os últimos tempos dele sejam passados com conforto e com a família por perto. A árvore ainda não se montou, mas está para breve. E por aí, como estão a correr os preparativos para mais um natal?

Tumblr_mdxwo7lucr1r77ggio1_500_large


"Da próxima vez
Que eu voltar a cair
Se me vires a insistir
Não olhes para trás

Não vou estar em mim
Se te quiser mais uma vez
Mesmo que diga que é de vez
Vou estar a mentir

E se eu disser que foi tudo confusão,
não falo com o coração, não falo com o coração.
E se eu disser que ainda não é tarde,
não é amor, não é verdade."

Carolina Deslandes, Não é verdade


A nossa amizade vai muito para além de anos contados. São anos cheios de memórias, conversas sinceras, muitas alegrias e partilha de histórias e experiências. Foram anos em que ambas crescemos, fomos ganhando outras ideias e perspectivas da vida e nos tornamos naquilo que somos hoje. Sempre nos entendemos e nunca precisamos de falar muito para perceber o que a outra sentia.
As circunstancias nem sempre nos permitem estar com tanta frequência uma com a outra, mas no entanto quando o fazemos nada muda. Tudo está igual. Acho que é disto que é feita uma amizade verdadeira.
Sei que posso sempre contar contigo e não digo isto por dizer. Acredito realmente que assim é. Tal como digo, e espero que saibas, que estarei sempre disponível para o que precisares.
Obrigada minha S, por tudo.

Tumblr_md6cl6fmtp1qbg52co1_500_large


"You are the hole in my head 
You are the space in my bed 
You are the silence in between 
What I thought and what I said 

You are the night time fear 
You are the morning when it's clear 
When it's over, you will start 
You're my head, you're my heart"

Florence And The Machine - No light, No light

Tumblr_mabgscz8p01qze8quo1_500_large

Frio, chuva, nevoeiro. Parece a combinação ideal para estar retida em casa no meio de apontamentos, relatórios e provas. O que me alegra ligeiramente é o cheirinho a castanhas assadas, a chávena de chocolate e o cobertor que me faz companhia, porque de resto tem sido um fim de semana sem tempo para relaxar e com muito para fazer. Já sinto falta de poder vir aqui mais vezes e visitar os vossos cantinhos com mais frequência. Tão cedo não o poderei fazer. Estas semanas vão ser de loucos!




Your hand fits in mine, Like it's made just for me
But bear this in mind, It was meant to be
And I'm joining up the dots, With the freckles on your cheeks
And it all makes sense to me 

I know you've never loved
The crinkles by your eyes, when you smile
You've never loved Your stomach or your thighs
The dimples in your back at the bottom of your spine
But I'll love them endlessly

I won't let these little things slip out of my mouth
But if I do, It's you,
Oh it's you, They add up to
I'm in love with you, 
And all your little things

One Direction, Little Things 
(estou rendida a esta música)

P6pfzljxf9g_large

Novembro chegou e com ele veio a certeza de que os dias frios, com vento e chuva estão para ficar. Já faz lembrar o inverno e o regresso do natal. As mãos e pés constantemente frios e o vento gelado a querer entrar pela roupa. Estes dias sãos os mais difíceis de passar. E as manhãs também. Sim, porque acordar  e ir para a faculdade com estas condições climatéricas não é nada agradável. Só dá vontade de passar os dias enroscada no cobertor, a bebericar um chocolate muito quente e, claro, rodeada de livros e livros. Esses também me vão acompanhar até ao final do semestre e só depois poderei descansar. Apesar de tudo esta época do ano tem sempre um encanto que não sei explicar e de que gosto muito. 

FACULDADE | 19


Trabalho, trabalho, trabalho, poucas horas de sono, muito cansaço, muitas horas de estudo, muitos apontamentos. É a isto que se tem resumido os meus dias, tardes, noites. Tenho tido pouco tempo livre e o que tenho é ocupado, em grande parte, a estudar. Já sinto o stress e a ansiedade de não conseguir fazer as coisas a tempo. O café tornou-se num excelente aliado, tirando isso, o sono, o cansaço e o frio não ajudam em nada. Como vão os vossos dias?


Procuro percorrer jardins floridos, caminhos pacíficos e campos arejados. Procuro lugares mágicos com aroma a felicidade e que saibam a tranquilidade. Lugares que me deixem livre de preocupações e pensamentos menos bons... É o que sempre procuro, mas nunca encontro. Vejo apenas caminhos frios, cinzentos, sem vida. Onde a escuridão me faz correr, sem olhar para trás. Onde a desconfiança reina e a insegurança se instala aos poucos. Os jardins não são floridos e no lugar dos campos vejo florestas repletas de olhares e palavras que gritam desconforto, derrota. São caminhos sem fim. E eu continuo a correr. Mas as forças não duram sempre...


"Lying close to you, feeling your heart beating
And I´m wondering what you´re dreaming
Wondering if it´s me you´re seeing
Then I kiss your eyes and thank God we´re together
And I just wanna stay with you
In this moment forever, forever and ever

I don´t wanna close my eyes
I don´t wanna fall asleep
´Cause I´d miss you, babe
And I don´t wanna miss a thing
´Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do
I´d still miss you, babe
And I don´t wanna miss a thing"

Aerosmith, I Don't Want To Miss A Thing

Big_sweater_large

Hoje é mesmo um daqueles dias em que só apetece estar enroscada no sofá, com uma chávena de chocolate quente e a ver as minhas séries. Mas não pode ser. Os apontamentos esperam por mim e, por mais forte que seja a vontade de não lhes ligar nenhuma, tenho de pôr mãos à obra. Este semestre vai ser a doer e já está a dar trabalho. Como vão os vossos estudos?


"Nothing was said, everything was in the looks, and the feeling, the tension was palpable. You could feel the love, the fear, the anxiety, the memories and the history between the two." - The Vampire Diaries

Ijw3wnd30pa_large

Um dia destes largo tudo, meto o indispensável numa mochila, e parto à descoberta. À descoberta do desconhecido, daquilo que quero encontrar. À descoberta de sabedoria, calma e alguma alegria. Vou em busca de algo que não sei o que é, mas que certamente será melhor do que o que tenho. Preciso de mudar de ares, de enfrentar desafios e conhecer novos cantos. Uma lufada de ar fresco que me deixe mais leve e com outra disposição para ultrapassar obstáculos. Um dia destes...

FACULDADE | 18


Não tenho dado tanta atenção ao meu cantinho quanto gostaria. Com o inicio de mais um ano de faculdade, tenho tido menos tempo e apesar de estar a acabar a segunda semana de aulas, já tenho imensa coisa para fazer. O trabalho começa a aumentar e o tempo para gerir as coisas tende a diminuir. Prometo espreitar os vossos blogs mais vezes e responder aos comentários assim que puder. 


"I just... I love you. And I have been trying not to say it. I have been trying so hard to just mash it down and ignore it and not say it, but... I love you. I am so in love with you. You're in me. It's like you're a disease. It's like I am infected by you. And I just can't think about anything or anybody, and I can't sleep. I can't breathe. I can't eat. And I love you. I love you all the time, every minute of every day. I love you." - (Lexie Grey) Grey's Anatomy


Quero tornar-me mais descontraída, deixar de me preocupar tanto com coisas que não são tão importantes quanto me parecem. Preciso de uma grande dose de coragem, força e energia. Quero arriscar mais. Não me posso retrair tanto, ter medo ou dúvida. O mais importante é que tenho de ser mais confiante e acreditar mais em mim. Não tentar mudar pelos outros e manter as minhas ideias até ao fim. Não desistir à primeira contradição ou obstáculo que se atravesse no meu caminho. Não colocar todas as minhas decisões e acções na obra do destino, pois assim não acontecerá nada e ficarei exactamente onde comecei. Chega de pensar demais nos outros e no seu bem estar. Só resulta quando a dose é certa, pois quando ultrapassa o normal passamos a viver para os outros e acabamos por sair prejudicados.
São só palavras, pois escreve-las é bem mais fácil do que pôr em prática o seu significado. Espero determinação suficiente para mudar estes pequenos grandes pormenores no meu dia-a-dia e passar a viver mais confiante e, certamente, mais leve. 



Deep in the meadow, under the willow
A bed of grass, a soft green pillow. 
Lay down your head, and close your eyes. 
And when they open, the sun will rise. 
Here it’s safe, here it’s warm. 
Here the daisies guard you from every harm. 
Here your dreams are sweet and tomorrow brings them true. 
Here is the place where I love you. 


Deep In The Meadow, Sting (Cover) - The Hunger Games

COLLEGE #17


Já falta pouco para dar inicio ao segundo ano da minha licenciatura. As férias foram muito bem passadas. Consegui descansar e aproveitar o bom tempo. Mas já começo a sentir o cheirinho a novo ano, novas disciplinas, novos professores, novas matérias. Vem aí mais um ano repleto de muito estudo, trabalhos, mais estudo e mais trabalhos, projectos e relatórios e mais estudo e mais trabalhos... Enfim, um ano lectivo em cheio como o que passou e espero que com mais diversão, que também é bem vinda e necessária.
Dou os parabéns aqueles que conseguiram entrar para a o ensino superior na primeira fase e desejo muito boa sorte aos que estão à espera dos resultados da segunda fase. Há precisamente um ano atrás estava eu nessa situação, com os nervos em franja à espera de uma resposta que fosse ditar o meu futuro a nível académico. Bom começo de ano para todos!




"Oh, you're in my veins, and I cannot get you out
Oh, you're all I taste, at night inside of my mouth
Oh, you run away, cause I am not what you found
Oh, you're in my veins, and I cannot get you out"
Andrew Belle, In my veins


Escolhi a praia como refugio de final de tarde. Desci as escadas que dão acesso ao areal, descalcei-me e senti a areia fresca a envolver-me os pés. Caminhei até perto da água e sentei-me na areia seca. Ali entreguei os meus pensamentos ao mar, que os levou com ele e os envolveu com as ondas, trazendo-os depois de volta para mim. Na grande maioria das vezes deu-me uma perspectiva diferente dos mesmos, uma visão fresca, renovada. Fiquei a apreciar o que tinha à minha volta. Sem julgamentos ou segundas interpretações. Estava um por do sol belíssimo e acho que nunca tinha visto o sol a desaparecer no horizonte, de tão perto. O ar manteve-se quente durante bastante tempo e mais tarde começou a instalar-se uma leve brisa como que a compensar o calor que se fez sentir durante o dia. A maré não tardou a subir e a água gélida veio tocar nos meus pés, fazendo-me recuar, bem como os meus pensamentos. Mas irei voltar...


O primeiro dia de Setembro foi passado ao ar livre, a apanhar sol e a pôr a leitura em dia. Foram umas boas horinhas, em boa companhia. Agora que entramos em setembro começa a contagem decrescente até ao inicio de mais um ano de muito estudo. Mas até lá ainda me restam umas semanas para aproveitar o bom tempo e o descanso. 



“Friends can be hard on you. Maybe they expect more from you than strangers. Strangers pretty much see you the way you want them to see you, but you can’t fool friends. That’s what makes them friends.” - Pretty Little Liars


Talvez seja só uma fase. Era algo que repetia vezes sem conta para mim mesma e voltava a repetir cada vez que pensava no assunto.Tantas vezes o fiz que deixou de fazer sentido e deixei de acreditar. Passei a viver habituada a ter-te a ti e a tudo o que se passou constantemente no meu pensamento. Foi difícil, mas  pensei que tinha conseguido. E de certa forma consegui. Quando menos esperei senti-me livre... mas não totalmente. As memória ficam. Memórias daquilo que fui, daquilo que fomos e tivemos. Memórias de um eu que ainda sinto presente, e que quando menos espero regressa para me atormentar.



“Dusk is just an illusion because the sun is either above the horizon or below it. And that means that day and night are linked in a way that few things are; there cannot be one without the other, yet they cannot exist at the same time. How would it feel, I remember wondering, to be always together, yet forever apart?” - Nicholas Sparks, The Notebook


Esta manhã enquanto corria sentia-me a libertar de todas as preocupações. Cada passo acelerado era um medo que enfrentava. De auscultadores nos ouvidos fiz um percurso só meu, levei um rumo que não esperava e senti-me segura a cada passo. O vento a bater-me na cara, fazia esvoaçar o meu cabelo preso, levando com ele todas as energias negativas e pensamentos derrotistas. Senti-me renovada e livre como não me sentia há muito tempo.


"You should be kissed every day, every hour, every minute." - The Lucky one


São quase 2h da madrugada. Estou de olhos abertos, a fitar o tecto do quarto. A janela está aberta e deixa entrar o pouco ar que corre lá fora. O lençol tapa-me apenas os pés. Procuro a zona mais fresca, mas em vão. Vou até à varanda e sento-me no chão. O céu está estrelado, sem uma única nuvem. E posso ver a lua. Está em quarto crescente e luminosa. A noite está quente, mas sente-se uma leve brisa que me convida a ficar mais um pouco. É relaxante e acho que vou mesmo ficar por aqui...


“And there’s no remedy for memory your face is
Like a melody, it won’t leave my head
Your soul is haunting me and telling me
That everything is fine
But I wish I was dead”

There's no relief, I see you in my sleep
And everybody's rushing me
But I can feel you touching me
There's no release, I feel you in my dreams
Telling me I'm fine"

Lana Del Rey, Dark Paradise


Foi assim passada a minha manhã de praia. Com os pés descalços na areia fresca, as ondas do mar como banda sonora, o sol ainda tímido a espreitar e um livro para entreter...


Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi e o amanhã talvez não venha.” - Chico Xavier 


Estou triste, avô. Custa-me ver que dia após dia vou perdendo mais um bocadinho de ti. Sinto-te longe e cada vez mais diferente do que eras. A força que outrora tinhas vai-se dissipando e tudo por causa dessa maldita doença que teima em não te largar. Não quero que sofras e espero ter-te em casa em breve.



“É o primeiro beijo do qual temos ambos plena consciência. Não estamos atarantados nem pela doença nem pela dor nem simplesmente inconscientes. Não temos os lábios a arder de febre nem gelados. É o primeiro beijo em que sinto efectivamente alguma agitação dentro do meu peito. Quente e curioso. É o primeiro beijo que me leva a querer desejar outro.” The Hunger Games, Os jogos da fome (Livro I)


(Fiquei completamente fã da saga depois de ler o primeiro livro. Anseio agora pelo segundo. Ainda não vi o filme, mas espero que seja tão bom quanto o livro.)


Depois de duas semanas de puro descanso e muito sol, estou de volta a casa. Espero agora poder retribuir os comentários de todos os que por cá passaram. 
Ainda me sobram umas semanas de descanso antes de voltar ao trabalho e espero aproveita-las da melhor forma. Como estão a correr as vossas férias?

Tumblr_m7atb0jwyk1ruxofho1_500_large


Encontro-me a gozar de umas merecidas férias, com muito sol, descanso e passeios. Assim que puder mando noticias e respondo a todos aqueles que me têm vindo visitar e prometo ir espreitar os vossos cantinhos. 
Como estão a correr as vossas férias?

 
“Sometimes the most ordinary things could be made extraordinary simply by doing them with the right people.” - Nicholas Sparks, The Lucky One


Lembrarei o primeiro dia, o ultimo dia e os outros que se passaram entretanto como sendo um só. Lembrarei o dia em que chegaste a mim e me roubaste não só um sorriso, como um pedaço de mim que jamais vou reaver. Lembrarei as horas ao telefone, os dias em que me cantavas ao ouvido e as noites, deitados na relva das traseiras de tua casa a contemplar a lua e a mais pequena estrela. Lembrarei os dias em que me escrevias só para quebrar a rotina e em que eu retornava a carta com um toque do mais suave perfume. Lembrarei o aconchego do teu abraço, o cheiro da tua pele, o bater acelerado do teu coração ao toque da minha mão. Lembrarei as noites em que esperavas que adormecesse para poderes fechar tu os olhos. Sei, porque não dormia realmente, ficava a ver-te repousar enquanto me aninhava junto a ti. E lembrarei o dia em que acordei e vi apenas a tua forma, os teus contornos, a tua marca deixada nos lençóis, como que tudo o que restava de nós. Uma marca, que jamais conseguirei apagar e que me recorda vivamente todos esses momentos, que eram poucos mas que enchiam e preenchiam o meu dia.
Para onde foste? 

[Foi dos primeiros textos que escrevi e publiquei aqui no blog. Tive vontade de o lembrar, por isso aqui têm.]



"I try to sleep,
But the clock is stuck on thoughts of you and me
A thousand more regrets unraveling, 
If you were here right now, 
I swear,I'd tell you this

Baby I don't want to waste another day
Keeping it inside it's killing me
Cause all I ever want, it comes right down to you
I'm wishing I could find the words to say
Baby I would tell you every time you leave
I'm inconsolable"

 Backstreet Boys, Inconsolable 


Já te devia ter escrito há muito mais tempo, eu sei. Não tive coragem. Fui fraca. Por vezes sentia que era demasiado cedo, outras achava que era demasiado tarde. Agora sei, que deveria ter tido uma conversa sincera contigo na altura. Havia ainda tanto para dizer e tanto ainda que precisavas de ouvir.
Não são muitas as vezes, mas sempre que te vejo penso no que poderia ter mudado se te tivesse dito tudo aquilo que queria e devia. Agora é tarde, sei que é...


Despedi-mo-nos do Euro 2012 de forma digna! De-mos luta, jogamos com garra e não fomos dominados. Ganhamos a grandes selecções e mais uma vez ficamos entre as quatro melhores da Europa. Fizemos o que podíamos e mostramos que acreditando somos capazes. Somos 10 milhões com garra! 

PORTUGAL 


“I am lost without you. I am soulless, a drifter without a home, a solitary bird in a flight to nowhere. I am all these things, and I am nothing at all. This, my darling, is my life without you. I long for you to show me how to live again.” - Nicholas Sparks, Message in a bottle

"If I lay here, if I just lay here, would you lie with me and just forget the world?"

 - Snow Patrol, Chasing Cars


Gosto da calma, do silêncio da casa vazia. Gosto de me poder refugiar num canto e ficar entregue aos meus pensamentos, mas por vezes torna-se cansativo. Tenho memórias sem fim, que preciso que se dissipem. Mas não há meio de me largarem. Agarram-me como se dependessem de mim. Alimentam-se e consomem-me, deixando-me exausta. Com as boas memórias vêm também as menos agradáveis e são essas que quero evitar. Queria poder desligar-me por momentos e não pensar em nada...

 

"Oh, thinking about all our younger years
 There was only you and me, 
We were young and wild and free. 

Nothing could change what you mean to me
Oh there's lots that I could say
But just hold me now
'Cause our love will light the way"
Brian Adams, Heaven